Guillermo Cañas Bio

Guillermo, um jogador profissional a partir de 1995, é uma das figuras mais reconhecidas do mundo. Um jogador da Argentina, Guillermo chegou a uma oitava classificação do ranking ATP em 2005 e 2007. Ganhou 7 (sete) torneios individuais da ATP, incluindo vitórias contra Roger Federer, Yevgeny Kafelnikov, Marat Safin, Tommy Haas e Andy Roddick.

Primeiros anos

Cañas começou a jogar aos 7 anos. Converteu-se em profissional no ano 1995 e começou a desfrutar alguns éxitos, estes incluem uma aparição na final em Surbiton, Reino Unido, e uma vitória no evento de duplas no Torneio Italiano Junior, Copa Bonfiglio, junto a seu companheiro Martín Garcia.

Entre 1995-1999, Cañas jogou principalmente torneios da série Challenguer, é dizer, o nível de competência imediatamente inferior ao ATP Tour. Em abril de 1998, entrou no Top 100 pela primeira vez, depois de ganhar três torneios Challenger nas 52 semanas anteriores. Isto permitiu-lhe qualificar para mais torneios do nível ATP, e chegou a sua primeira final em 1999 em Orlando. Também começou a qualificar regularmente nos torneios de Grand Slam, os eventos mais prestigiosos do tênis

Em 2001, depois de uma lesão no punho direito o ano anterior, escalou da posição 227 no ranking da ATP até o posto 15, e foi nomeado Melhor Retorno do Ano ATP. Cañas ganhou o primeiro título ATP da sua carreira nessa temporada, em Casablanca, e chegou até a final de outros três torneios. Além disso, chegou á quarta ronda de um Torneio de Grand Slam pela primeira vez, ele logrou este resultado em duas ocasiões (Aberto da França e Wimbledon).

No ATP Masters Series do Canada 2002, sem ser cabeça-de-série, Cañas ganhou seu primeiro título ATP Masters Series de Toronto, derrotando a Andy Roddick por 6-4, 7-5 na final. No caminho até à final derrotou um conjunto reconhecido de jogadores, incluindo o número dois do mundo, Marat Safin, e top ten classificado Yevgeny Kafelnikov e Roger Federer. Cañas também foi o primeiro argentino em ganhar o Aberto do Canada depois de Guillermo Cañas se tornar em 1976, e também o primeiro em ganhar um torneio Master Series (a série foi criada em 1990). Cañas ganhou outro torneio de 2002, o Aberto de Chennai, e chegou à final em Casablanca e Sttutgart. Também surgiu como uma força mais potente nos Grands Slams, ao chegar a seu primeiro quartos de final no Aberto Francês.

Career Highlights

1995 – Ganhou um título Future na Argentina 1996- Ganhou Santiago Challenguer
1997 – Ganhou títulos Challenguer em Santa Cruz (d.M.Carlsson) e Santiago (d.Van Scheppingen)
1998- Ganhou títulos em Espinho e Florianápolis Challenguer e estreou na Copa Davis com uma vitória sobre Colômbia.
1999- Chegou à final no Challenguer de Bermuda e a primeira final ATP em Orlando (M.Norman). Em duplas, ganhou seu primeiro título ATP em Boston (w/ J. Sanchez).
2000- Chegou às quartas de final do ATP na cidade do México. Passou quatro meses da temporada com uma lesão no punho esquerdo.
2001 – Finalizou Top 20 pela primeira vez. Chegou a disputar finais em três superficies diferentes (terra batida, grama, quadra dura) e suas 45 vitórias foi a maior por um argentino depois que Martin Jaite ganhasse 51 em 1989. Chegou às quartas de final em Buenos Aires e semifinal em Acapulco, perdendo ante o eventual campeão Kuerten em ambas ocasões. Jogou a classificação em Casablanca e ganhou 14 sets seguidos para obter seu primeiro título ATP (d. Bruguera na semifinal, Robredo na final). Em Roland Garros avançou a oitavas de final com vitórias seguidas em cinco sets sobre A.Martin e T.Henman antes de perder em cinco sets ante Hewitt (depois de levar vantagem nos dois primeiros sets). Em ‘s-Hertogenbosch, não perdeu nenhum set no seu caminho até a final (Hewitt). Ganhou jogos a cinco sets consecutivos em Wimbledon sobre Gaudio e Carlsen, logo derrotou ao semeado No.7 Kafelnikov antes de cair com Enqvist nas oitavas. Foi o primeiro argentino em chegar às oitavas de final no All England Club depois de Clerc no ano 1979. Chegou à final em Sttutgart (Kuerten) após derrotar Kafelnikov nas quartas de final. Finalista em Viena (d. Henman na segunda ronda, I.Hass) e semifinalista em Estocolmo. Converteu-se no primeiro argentino em chegar a uma final ATP em pista coberta depois de Guillermo Vilas se tornar em 1983. Em duplas, ganhou seu segundo título ATP em Sttutgart ao ar libre (w/ Schuettler).
2002- Converteu-se no primeiro argentino em finalizar Top 20 duas temporadas consecutivas desde Jaite 1985-1987 e o primeiro argentino en ganhar 1 milhão de dólares num só ano. Levou a seu país a ganhar o ATP World Team Championship (d. Rússia). Se submeteu a cirurgia de punho o 9 de Agosto para reparar a fratura por causa do stress e um cisto e se perdeu dois meses. Ganhou o título em Chennai (d. Srichaphan) e chegou à final em Casablanca (I. a Youzhny em cinco sets). Atingiu as quartas de final sendo sua melhor atuação da sua carreira em Roland Garros, na qual derrotou ao campeão do ano 1998 Moya em cinco sets na terceira ronda e ao número 1° da ATP L.Hewitt na quarta ronda antes de cair ante o eventual campeão Albert Costa em cinco sets. Chegou à semifinal em ‘-Hertogenbosch. Finalista em Stuttutgart (I. a Youzhny em cinco sets). Derrotou quatro top 10’s (Federar na primeira ronda, Kafelnikov na terceira ronda, Safin nas quartas de final, Has nas semifinais e o N°12 Roddick na final) para ganhar o título AMS Toronto. Perdeu só um set em seis vitórias e se converteu no primeiro argentino em ganhar um título AMS e o primeiro jogador do seu país em ganhar no Canada desde Guillermo Vilas no ano 1976. Atingiu um recorde em lucros por 1.276.617 dólares.
2003 – Depois de chegar a quartas em Chennai (Kucera) e segunda ronda no Aberto da Austrália, se submeteu a cirurgia da mão direita em New York o 14 de Março para reparar o ligamento metacarpo. Retornou o 10 de Setembro no Brasil (Spadea na primeira ronda) e continuou com uma derrota na primeira ronda em Seul Challenguer. Na próxima semana, jogou seu último torneio do ano em Shanghai e chegou até as quartas (ante o eventual campeão Philippoussis).
2004 – Finalizou N°11 sendo seu melhor ranking até esse momento, ao ganhar três títulos da ATP em quatro finais. Fez o terceiro salto mais grande que qualquer outro jogador dentro do Top 50, melhorando 263 posições no ranking com relação ao ano anterior. Chegou a semifinal em Acapulco (d. Gaudio, I. para Verdaso). Ganhou consecutivamente os títulos de argila em Stuttgart (d.Gaudio em cinco sets) e Umag (d.Volandri) sem perder um set. Chegou a terceira ronda no US Open com 13 vitórias consecutivas e foi freado pelo defensor do título. Ganhou o título em Shanghai (d. Burgsmuller). Também foi finalista em Viena (I. a Lopez em cinco sets) e chegou a semifinais em AMS Paris (I.a Safin). Jogador como maior quantidade de jogos a 5 sets durante o ano (4-3). Participou como reserva na Tennis Masters Cup em Houston. Ficou 2-4 vs. rivais Top 10, vencendo ao N°2 Andy Roddick (Roma) e ao N°10 Nalbandian (Viana). Obteve um registro de 19- 8 em quadra dura, 17-10 em argila, 3-2 em carpete e 1-2 em grama.
2005- Jogou só seis meses antes de ser suspenso en Junho por causa do diurético hidroclorotiazide em Acapulco. Ganhou pelo menos um jogo em 11 dos 12 torneios disputados. Começou o ano no Aberto da Austrália e atingiu a quarta ronda (I. Davydenko)...quartas de final atingida em Acapulco (I.Nadal). Chegou à semifinal no AMS de Indian Wells que incluiu vitória sobre Henman nas quartas de final (I.Federer). Chegou a quartas em Roland Garros, que incluiu um 8-6 no quinto set sobre Mathieu na terceira ronda (I. a Puerta). O ano fechou com semifinais em Halle (I. a Safin).
2006- Voltou à ação em Setembro depois de cumprir uma suspensão de 15 meses por causa do diúretico hidroclorotiazide. Obteve resultados sólidos no Challenguer (quatro títulos e registro 28-3), esteve sem ranking até chegar como Top 150. No seu primeiro torneio de regresso, ganhou o título em Belem Challenguer (d.Berlocq). Cedeu só cinco games através das três primeiras rondas, ganhando o primeiro jogo de cada um dos três primeiros jogos 6/0...não perdeu um só set até a final. Na primeira semana de Outubro, atingiu a final no Quito Challenger (I. a Guccione). Chegou à semifinal no Challenguer de Medellin (I.a Giraldo). Ganhou os títulos em Montevideo Challenger (d.N.Lapentti), na sua cidade natal de Buenos Aires (d.Vasallo Arguello) e em Asunção. Também chegou à final de duplas em Montevideo Challenguer (w/Martin Garcia).
2007 – Finalizou Top 20 pela primeira vez em três anos, e como jogador N°2 do seu país (atrás do N°9 Nalbandian). Capturou seu sétimo título ATP em Costa do Sauipe (.d Ferrero) e chegou a outras duas finais, AMS Miami (I.Djokovik) e Barcelona (I.Nadal). Foi um dos três únicos jogadores (Nadal, Nalbandian) que conseguiram derrotar ao N°1 Roger Federer duas vezes durante a mesma temporada. Começou o ano ganhando em São Paulo Challenger (d.Hartfield) e um mês depois ganhou dois jogos singles da Copa Davis contra a Áustria (d.Melzer, Peya). Em Março, derrotou a Federer na segunda ronda do AMS Indian Wells (I. a Moya na terceira) e consecutivamente obteve outra vitória contra ele na quarta ronda do AMS Miami no seu caminho à final do torneio. Também obteve impressionantes vitórias sobre o N°20 Ferrero (segunda ronda), N°16 Gasquet (terceira ronda), N°6 Robredo( quartas de final) e N°7 Ljubicic(semifinal) antes de cair ante o N°10 desse momento Djokovic em três sets...escalou do N.55 até o N.29 depois...Em Roland Garros, avançou a quartas de final pela terceira vez consecutiva em cinco anos(I.Davydenko). Em Julho, voltou à argila e avançou a semifinal em Umag(I.eventual
campeão Moya) e em Outubro chegou a semifinal em Metz(I.Murray). Ficou 5-5 vs. rivais Top 10 (depois de começar o ano 5-0)...registro de 19-8 na terra batida, 14-9 na quadra dura, 3-2 na grama e carpete. Também teve um recorde de 20-6 em tie-breaks.
2008- O argentino finalizou no Top 100 pela última vez na sua carreira, onde sobressaem duas semifinais ATP e três quartas de final. Falhou os dois primeiros meses da temporada com uma lesão no punho esquerdo, chegou a semifinais em Las Vegas no segundo torneio(Querrey)...Seguido com a quarta ronda em eventos AMS de Indian Wells (I.Djokovic) e Miami (I. a Andreev). Em Junho, chegou a quartas em Varsovia(I. a Fognini) e semifinais em ‘-Hertogenbosch (I.a Gicquel) em semanas consecutivas, e continuou com quartas de final sucessivas em Julho em Gstaad(I.a Wawrinka) e Umag(I.a Andreev). Registro de 9-9 na quadra dura, 9-11 na argila, 3-2 na grama e 0-1 em carpete...ficou 0-4 vs. rivais Top 10.
2009- Jogou os primeiros sete meses do ano , antes de ser deixado de lado novamente por causa da lesão no punho..Chegou a quartas em Houston (Korolev)..Classificou para o ATP World Tour Masters 1000 de Madrid e Bastad.
2010- Logo de 15 anos chegou o fim da sua carreira profissional, quando ocupava o número 235 o 26 de Março, havendo lutado contra as lesões nos punhos durante a maior parte da sua carreira, decidiu não se submeter à quinta cirurgia pela quinta vez.. ̈Estou muito feliz por tudo o que atingi na minha carreira ̈, disse no ATP World Tour Masters 1000 de Miami. ̈Estou feliz de tomar esta decisão. Era o momento correto para dizer adeus como esportista profissional e centrar-me agora na minha carreira como treinador na minha nova academia de Tênis em Miami ̈

Cañas Tennis Academia de Tênis em Miami na Florida, oferece aulas de tênis para todas as idades e níveis, bem como o verão e campos de Inverno. Alojamento para os jogadores. É uma das mais importantes escolas de tênis de Miami